Colecção Florbela Espanca Espólio Florbela Espanca
   
SumárioÍndice de TítulosÍndice de AutoresAbreviaturasEstatística
II. Manuscritos da Autora
1. POESIA


Obra digitalizada
BN Esp. N10/2
Claustro das quiméras
[1922]; v.l.; 19 f.; aut.
Nota(s): Colectânea de 35 sonetos, com dedicatória a António Guimarães. Primeira versão de título de Livro de Sóror Saudade
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/8
[Livro de Sóror Saudade]
[1922 ou ant.]; s.l.; 26 f.; aut.
Colectânea de 30 sonetos, o primeiro dos quais intitulado "Livro do Nosso Amor"
 
Obra digitalizada
BN Esp. N10/7
[Livro de] "Soror Saudade"
[1922]; s.l.; 19 f.; aut.
Colectânea de 37 sonetos, o primeiro dos quais intitulado "Soror Saudade"
 
Obra digitalizada
BN Esp. N10/38
[Livro de] "Sóror Saudade"
[1922]; s.l.; 10 f.; tip. (c/ ems. ms.)
Nota(s): Conjunto de provas tipográficas correspondendo as primeiras duas folhas a versão diferente das posteriores. Inclui o soneto "O Que Alguém Disse", não publicado na 1ª edição. Contém diversas emendas mss. por terceiro não identificado
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/9
O livro d'Elle: [projecto]
1916-1917 [ou post.]; s.l.; 19, 30f.; aut.
Nota(s): Conjunto de 33 poemas inclusos no caderno "Trocando olhares" identificados individualmente com o título supra e/ou numerados. O 1º, "Andam sonhos côr do mar: [1º vº]", corresponde à última quadra do poema "As quadras dele [I]"; o 8º "Meu fado, meu doce amigo: [1º vº]" é a 13ª quadra do poema "As quadras dele [IV]"; "Junquilhos" não está numerado; os sonetos "Quem sabe?!..." e "Triste destino" estão ambos numerados com "21"; e o 30º poema desta série tem dois títulos: "Talvez", riscado e substituído por "A esta hora"
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/3
No dia d'annos
1904; [Vila Viçosa]; 1 f.; aut.
Nota(s): Versos dedicados ao pai, João Maria Espanca. Data a lápis na margem superior da 1ª página e junto à assinatura
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/5
O nosso mundo
1920; Lisboa; 1, 1 f.; aut.
Nota(s): Soneto dedicado "Ao meu homem querido", [António Guimarães]. Tem junto outra versão sem título nem dedicatória e com emendas
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/6
O que sou eu, amor?... Sei lá que sou: [1º vº]
[19--]; s.l.; 1 f.; aut.
Nota(s): Soneto, em rascunho. Inclui, no verso, nota de contabilidade doméstica
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/1
[Poemas]
[19--]; s.l.; 1 f.; aut.
Nota(s): Inclui, na primeira página, o soneto "Anoitecer" seguido de nota de contabilidade doméstica e, no verso, outro soneto "Sou aquela que tudo a entristece: [1º vº]" e uma quadra "Matei a ilusão dentro de mim: [1º vº]", escrita na margem esquerda e na perpendicular
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/4
Primeiros passos
Proença, Raul, 1884-1941, coment. e anot.
[1916]; s.l.; 12 f.; aut., mss.
Nota(s): Colectânea de 11 poemas. Inclui comentário crítico e anotações em autógrafo de Raul Proença, bem como a nota "Acho bom", assinada "Luiz". O soneto "Quadro rustico" teve como 1ª versão do título "Paisagem"
   
Obra digitalizada
BN Esp. N10/9
Trocando olhares
1915-1917 [ou post.]; s.l.; 49 f.; aut.
Nota(s): Caderno contendo: 85 poemas, um dos quais no verso da capa e escrito no sentido inverso, como 1º vº: "Toda a terra que pisas meu Amor" e outro, com 1º vº. de difícil leitura, na última página; projectos de índice ou planos de obras: "A Minha Terra" e "O Meu Amôr", ambos em duas versões; e três contos, "Alma de Mulher", "A Oferta do Destino" e "Amor de Sacrifício". Alguns poemas com a menção "O Livro d'Elle" e/ou numerados. Ao longo do caderno algumas notas: "Bom", "Gosto", "Emendar" e "Para Emendar". Inclui títulos repetidos correspondendo a poemas diferentes e um soneto com duas versões de título: "Talvez...", riscado e substituído por "A esta hora..."
SumárioÍndice de TítulosÍndice de AutoresAbreviaturasEstatística