BIBLIOTECA NACIONAL - TESOUROS
 
Cartografia Espólios Iconografia Impressos Manuscritos Música Periódicos
See this site in English
 
       

HERÉDIA, Manuel Godinho de, 1558 ? - 1623 Historia de serviços com martirio de Luis Mont[eir]o Cout[inh]o / ordenada por Manoel Godinho de Eredia Math[ematic]o. Anno de 1615. - 1615. - [30] f., 8 desenhos aguarelados, enc. ; 33 cm
BN COD. 414

Consultar esta obra
HERÉDIA, Manuel Godinho de, 1558 ? - 1623 Historia de serviços com martirio de Luis Mont[eir]o Cout[inh]o / ordenada por Manoel Godinho de Eredia Math[ematic]o. Anno de 1615. - 1615. - [30] f., 8 desenhos aguarelados, enc. ; 33 cm
BN COD. 414

Manuscrito original autógrafo, dedicado a D. Aleixo de Meneses (1559-1617), arcebispo de Goa, e vice-rei de Portugal

Obra de cariz histórico-biográfico, descreve os principais episódios da vida de Luís Monteiro Coutinho, e dos acontecimentos que levaram à sua morte em 1588, por ordem do rei de Achém; é reveladora de preocupações em termos de rigor histórico, patente nas descrições minuciosas dos lugares e fortalezas onde decorrem os acontecimentos assim como transcrições dos documentos oficiais a respeito do biografado.

Contém sete desenhos aguarelados, representando sucessivamente o martírio dos companheiros de Luís M. Coutinho, a batalha naval diante da fortaleza de Malaca, cenas da luta de Monteiro Coutinho com o capitão Achém, o naufrágio de M. Coutinho ao largo da fortaleza de Solor, o martírio de Monteiro Coutinho, a esquadra de Matias de Albuquerque, o capitão de Malaca e Ormuz, e a bateria de Monteiro Coutinho fazendo fogo contra o "castelo dos arrenegados"

O autor, Manuel Godinho de Herédia foi educado em Malaca, no Colégio da Companhia de Jesus, e depois prosseguiu os estudos em Goa, para frequentar o noviciado dos jesuítas, onde aprofundou os estudos científicos, sobretudo de Matemática, tendo inclusivamente leccionado esta matéria. Notabilizar-se-ia como ilustrador e pintor, tendo registado em desenho os primeiros conjuntos organizados das representações das fortalezas do Oriente (sendo vastos os seus conhecimentos de engenharia militar); um retábulo de sua autoria, esteve exposto na fabulosa corte do Grão-Mogol Akbar (1556-1605), tendo granjeado muitos elogios. Foi também intensa a sua actividade como cartógrafo, tendo delineado várias cartas das Índias Orientais e da Ásia, que submeteu à apreciação de Filipe II, e é muito possível que tenha contactado, em Goa, com o cartógrafo Fernão Vaz Dourado (1520-1580).

Herédia foi também um interessado explorador, tendo registado muitas observações em descrições, desenhos e pinturas dos povos, animais e plantas dos países que percorreu. Na"Suma de Árvores e plantas da Índia Intra Ganges", apresenta um catálogo ilustrado das plantas do Sudeste Asiático (e suas propriedades), ainda desconhecidas na Europa no séc. XVI.

O protagonista, Luís M. Coutinho (1527-1588), embarcou para a Índia, para prestar serviços em diversas campanhas militares e expedições; visitou a corte de Akbar e em 1576 viajou para Malaca, tendo sido nomeado capitão-mor do Mar de Malaca; depois de ter participado em várias contendas com os achéns (indígenas de Achém, um reino situado na extremidade noroeste de Samatra), foi assassinado com um tiro de canhão ao recusar renegar a fé cristã. Os seus companheiros foram martirizados (24 de Março de 1588).

Inclui a representação do brasão de Luís Monteiro Coutinho (f. 2), quatro costados: Monteiro, Coutinho, Moura e Pereira.

Encadernação de pergaminho liso.

Ana Cristina de Santana Silva - Área de Manuscritos - Divisão de Reservados


BIBLIOGRAFIA

ERÉDIA, Manuel Godinho de, Malaca - lnde Méridionale et le Cathay: manuscrit original autographe. Reproduit en facsimile et traduit par M. Léon Janssen ; Préf. de M. C. Ruelens. Bruxelles : Librairie Européenne C. Muquardt, 1882

ERÉDIA, Manuel Godinho de - Suma de árvores e plantas da Índia intra Ganges. Edição de J. G. Everaert , J. E. Mendes Ferrão, M. Cândido Liberato ; pref. Luís Filipe Thomaz. Lisboa: CNCDP, 2001

 
  2003 Biblioteca Nacional Crédito e Direitos de Propriedade Intelectual