BIBLIOTECA NACIONAL - TESOUROS
 
Cartografia Espólios Iconografia Impressos Manuscritos Música Periódicos
See this site in English
 
       

SEIS MINUETTES PARA GUITARRA E BAIXO 
Compostos por Manoel Joze Vidigal . - Lisboa: abertos e estampados por Fran.co Dom.gos Milcent..., [ca 1796]. BN C.I.C. 29 P.

Ir para a galeria Ir para a galeria Ir para a galeria Ir para a galeria
Ir para a galeria Ir para a galeria Ir para a galeria Ir para a galeria
BN C.I.C. 29 P. Seis Minuettes Para Guitarra e Baxo / compostos por Manoel Joze Vidigal. - Lisboa : abertos e estampados por Fran.co Dom.gos Milcent..., [ca 1796]. - 1 partitura [8] p. ; 4º

Manuel José Vidigal foi um afamado guitarrista que viveu nos últimos anos do século XVIII e princípios do século XIX. Não existem notícias biográficas deste músico, mas um livro publicado por um viajante inglês fez larga referência ao seu merecimento e qualidades, apresentando ao mesmo tempo, como espécimen da música portuguesa, uma modinha, Cruel saudade, composta por Vidigal (Sketches of Portuguese Life, etc. by A. P. D. G. Cap. 12.º pág. 221.).

Em 4 de Janeiro de 1796 deu um concerto em seu benefício anunciado na Gazeta de Lisboa, em 19 de Dezembro anterior, nos seguintes termos:

"Segunda feira 4 do mez que vem se ha de fazer hum Concerto vocal e instrumental no Palacio do Excellentissimo D. José Lobo á Boa-vista, em beneficio de Manoel José Vidigal, no qual cantarão os musicos de S. M. Capranica, Longarini e Bertocci; tocará o dito Vidigal na Guitarra ingleza, Grua no Rabecão e Legras na Rabeca. Os bilhetes se achão no Café do Largo de S. Carlos e na loja da Gazeta, pelo preço de 1.600 réis cada um."

Esta referência à guitarra inglesa tocada por Vidigal é importante para que não haja dúvida quanto ao instrumento utilizado na presente obra, dada a frequente ambiguidade entre os termos 'viola' e 'guitarra'. A viola referida em obras impressas da mesma época (por exemplo no Jornal de Modinhas, n.º 19, 1796) será a viola de cinco ordens; a guitarra inglesa, 'instrumento importado' como refere Manuel Morais [Morais, 2003], terá surgido em Portugal na segunda metade do século XVIII e acabou por se tornar, algumas décadas mais tarde e sujeita a algumas transformações, no instrumento hoje designado por guitarra portuguesa.

O Minuete, de origem francesa, foi uma das danças mais em voga na sociedade aristocrática europeia desde meados do século XVII até aos finais do século XVIII. As 6 peças aqui apresentadas, de duração variável (de 16 a 38 compassos, com repetições) e tonalidades não directamente relacionadas, deveriam ser executadas separadamente, destinadas mais a serem dançadas do que simplesmente ouvidas.
A obras estruturam-se de uma maneira bastante simples: no instrumento solista uma linha melódica, por vezes em terceiras paralelas (raramente sextas) e acordes nos finais de frase, enquanto a linha do acompanhamento é sempre melódica, o sugere que o 'baxo' seria executado por um instrumento como o violoncelo ou mesmo o fagote, e por outro instrumento harmónico, o cravo, de cujo timbre se aproximava o da guitarra, pela utilização apenas de cordas metálicas. Exclui-se a utilização de duas guitarras pois a linha do acompanhamento está em clave de Fá. Mas as peças, tal como estão apresentadas, admitem ainda a execução apenas por um instrumento de tecla. O facto de o baixo não estar cifrado remete para uma prática usual no século XVIII.
Apesar de a obra não estar datada, a indicação de que foi publicada por 'Francisco Domingos Milcent, proprietário da Real Fábrica de Música', remetendo para a mudança da anterior razão social, faz-nos saber que foi publicada depois de 1795.

Catarina Latino - Responsável do Centro de Estudos Musicológicos


BIBLIOGRAFIA

Albuquerque, Mª João Durães - [Introdução]. Jornal de modinhas: Ano I. Ed. facsimilada. Lisboa : Inst. da Biblioteca Nacional e do Livro, 1996

Morais, Manuel - Estudo introdutório e notas. In BARBOSA, Domingos Caldas : Muzica escolhida da Viola de Lereno (1799). Lisboa : ESTAR, 2003

Ribeiro, Mário de Sampaio - As "guitarras de Alcácer" e a "guitarra portuguesa". Lisboa : Bertrand, 1936

Vieira, Ernesto - Diccionario biographico de musicos portuguezes : historia e bibliographia da musica em Portugal. Lisboa : Typographia Mattos Moreira & Pinheiro, 1900

  2003 Biblioteca Nacional Crédito e Direitos de Propriedade Intelectual