BIBLIOTECA NACIONAL NATIONAL LIBRARY OF PORTUGAL
OS PORTUGUESES E O ORIENTE (1840-1940)
Thai
Sobre a exposição About the exhibition
Sião China Japão
* O diálogo falhado
*
* Kangxi, o Grande
* China amada, China Desprezada
* O Início das agressões europeias
* Narcotização da China pelos Britânicos
* A Mais suja das Guerras
* Semi-descolonização europeia
* A tragédia dos Culis
* O fracasso das reformas
* A China Moribunda
*
O último imperador
*  Os senhores da Guerra
*  A Guerra com o Japão
* A nova China
*  Biografias e Bibliografia

A tragédia dos culis

Bestas de carga, mão de obra semi-escrava, os culis evidenciaram o soçobrar da China Milenar.

Esta série infinda de desgraças provocou um surto migratório sem paralelo. Milhões de chineses sem eira procuraram fugir do país, para trabalhar em regime semi-escravo nos EUA, no Brasil e restante América Latina. Os culis, arrematados e sujeitos a todas as humilhações, mereceram pungentes notas de solidariedade de Eça. De registar, neste particular, o nascimento de uma interessante sinofilia brasileira, infelizmente ainda bem pouco estudada.

A diáspora chinesa da segunda metade de Oitocentos foi engrossando até atingir a casa dos milhões. Depois de contida por leis segregacionistas nos EUA, desviou-se para outras paragens menos distantes. Singapura, a península da Malásia, o Sião e o Laos assistiram à constituição de fortes e operosas minorias chinesas que seriam caução para a subsequente riqueza dessas regiões. Também a Java e às Filipinas – que haviam conhecido idêntico movimento dois séculos antes - chegariam novas vagas de imigrantes chineses.

 
 
Créditos do site