BIBLIOTECA NACIONAL NATIONAL LIBRARY OF PORTUGAL
OS PORTUGUESES E O ORIENTE (1840-1940)
Thai
Sobre a exposição About the exhibition
Sião China Japão
* A Chegada dos Portugueses
* Intrigas europeias
* Desastre e resistência ao invasor birmanês
* Banguecoque, a nova Capital
* The King and I
* Rama V e o Sião contemporâneo
* O Sião constitucional
* Biografias e Bibliografias

“The King and I “

Rama IV
MONGKUT [Rama IV] 1851-1868

Por essa altura reinava no Sião Mongkut (Rama IV, r.1851-1868), astrónomo e matemático autodidacta e homem de febril curiosidade pela ciência e línguas europeias, incluindo o latim, que escrevia e falava com uma rara inteligência. Foi celebrizado, entre os europeus, pelas memórias – exageradas e pouco escrupulosas – de Anna Leonowens, que inspirariam a Rodgers e Hammerstein, já na década de 50 do século XX, um belíssimo musical (The King and I ) em que Deborah Kerr contracenava com Yul Brynner.

Isidoro Francisco Guimarães obtivera do Sião, em 1859, um Tratado de Amizade, Comércio e Navegação , mas nem o génio diplomático de um dos seus sucessores no governo-geral de Macau – o visconde de S. Januário – conseguiu ultrapassar o impasse de contactos sem contrapartidas. Os siameses davam-se conta dos enormes perigos que rondavam a sua independência. Os belicosos birmaneses haviam sido reduzidos a colónia britânica, os sultanatos malaios aceitavam a “protecção” da Union Jack e, a este e norte, Napoleão III investia no Mekong invocando a protecção das missões católicas.

 
 
Créditos do site