Hans Christian Andersen: 1805-1875. EXPOSIÇÃO NA BN DE 3 DE MARÇO A 14 DE MAIO DE 2005
Cronologia
O CONTISTA A VIAGEM A PORTUGAL
OS CONTOS EVOCAR HC ANDERSEN
RECURSOS ONLINE
SOBRE A EXPOSIÇÃO
1805-1830 1831-1840 1841-1850 1851-1860 1861-1870 1871-1875
 
 
 

1861 - 1870

1866. O ano da visita a Portugal
 

1861 - Morte de Jonas Collin. Viagem à França, Itália e Alemanha.
«Doze na mala-posta», «O escaravelho», «O que o homem faz está sempre bem feito», «A pedra filosofal», «O boneco de neve», «No pátio dos patos», «A musa do novo século», «A virgem do gelo», «O papílio», «Psique», «O caracol e o roseiral».
1862 - Viagem à Espanha.
1863 - «Em Espanha».
1865 - Viagem à Suécia. «Os fogos-fátuos estão na cidade, disse a mulher dos pântanos», «O moinho de vento», «O bispo de Boerglum e seus parentes», «No Quarto das crianças», «O tesouro», «A tempestade troca as tabuletas».
1866 - Viagem a Amesterdão e Paris. Em Espanha e Portugal.
«Por ser passado não é esquecido», «O filho do porteiro», «Dia de mudança», «O sininho da neve», «Comadre», «O sapo».
1867 - Duas vezes na Exposição Mundial de Paris. Recebe o título de Conselheiro de Estado. Nomeado cidadão honorário de Odense. «Poesias conhecidas e esquecidas».
1868 - Viagem a Amesterdão, Paris, Genebra, Ems. «Uma visita em Portugal em 1866».
1869 - Em Maxen, Viena e Nice. «A família de Margarida das Galinhas», «O que contou o cardo», «O que se pode pensar».
1870 - «Pedro Afortunado».

1805-1830 1831-1840 1841-1850 1851-1860 1861-1870 1871-1875
2005 BIBLIOTECA NACIONAL. Todos os direitos reservados. Desenhos originais de Danuta Wojciechowska