Biblioteca Nacional - Página Inicial Eça de Queirós

Num claro espaço rasgado, onde Carlos deixara o Passeio Público pacato e frondoso - um obelisco, com borrões de bronze no pedestal, erguia um traço cor de açúcar na vibração fina da luz de inverno: e os largos globos dos candeeiros que o cercavam, batidos do sol, brilhavam, transparentes e rutilantes, como grandes bolas de sabão suspensas no ar.
In Os Maias, 1888

Obelisco dos restauradores
A acclamação de S. M. El-Rei o sr. D. Carlos I: a revista - o desfilar das tropas pela Avenida da Liberdade
A. desc., 1890
gravura
In A Ilustração, Paris, nº2 (20 Jan. 1890), p. [25]
BN J. 1505 M.

    Anterior1880-1888Iconografia ficcionalOs MaiasLugares Queirosianos
Página Inicial

 

© 2000 BIBLIOTECA NACIONAL, Todos os Direitos Reservados